Sugestões de busca

Válvulas de dosagem para bombas dosadoras motorizadas

As válvulas de dosagem doseiam as quantidades de fluxo em um cabo de forma precisa e fecham-se de forma segura contra o ambiente.

Descrição do produto

Cada tarefa de dosagem é suportada adequadamente

As válvulas de dosagem são montada para conexão da linha de dosagem ao ponto de dosagem. Protegem contra um fluxo de retorno e geram uma contrapressão definida.

Acionamento por retorno de mola Hastelloy C (pressão prévia aprox. 0,5 bar). A posição de montagem é da escolha do utilizador.

Materiais utilizados como nas unidades de alimentação da bomba. No caso dos tamanhos de válvula de dosagem DN 10 e 15, estão incluídas no fornecimento porcas de união e peça de inserção/porta-mangueira.

Importante: As válvulas de dosagem não são órgãos de fechamento absolutamente estanques!

Vantagens

  • Uso como válvula antirretorno - em caso de sistemas de tubulações antirretorno fechados, para impedir uma mistura e um retorno para o tubo de dosagem.
  • Utilização como gerador de contrapressão - em sistemas com saída livre, para gerar uma contrapressão definida.

Adaptador de válvula de dosagem PVDF

Para a instalação de válvulas de injeção em tubulações com uniões rígidas.
O adaptador sobe para o tubo ou tanque de armazenamento e pode ser adaptado (encurtado) para diferentes secções transversais.
O contato direto do produto químico a ser dosado com a parede pode ser evitado instalando o adaptador. A dosagem no centro da tubulação melhora, entre outras coisas, a mistura com o fluido dosado.

Material: PVDF

Área de aplicação

25 °C – pressão operacional máx. 16 bar

65°C – pressão operacional máx. 10 bar

E1E2ABCDØ D1Ø D2Código
mm mm mm mm mm mm
Rp 3/4R 3/4936349.0003222151022052
Rp 1R 1956550.0004127181022053
G 1 1/4G 1 1/4 A*150119104.0005027181040722
G 1 1/2G 1 1/2 A*171135118.0006031201040723

D = tamanho da chave

* Em conjunto com anéis de vedação 1 x FKM e 1 x EPDM.

  • p_ac_0201_sw

Válvula de dosagem PCB

Caixa em PVC, vedações em FKM, com esfera de não retorno (vidro) acionada por retorno de mola, pressão prévia aprox. 0,5 bar.

DN 10, DN 15porca de união e porta-mangueira
DN 20 a DN 40sem material de conexão

Área de aplicação

25 °C - pressão operacional máx. 16 bar

45 °C - pressão operacional máx. 7 bar

GBØ D2AØ D1Código
mm mm mm mm
DN 103/441408316809460
DN 151434710820924520
DN 201 1/45555803712
DN 251 1/26058803713
DN 32*268701002783
DN 402 1/48584804760

* versão PVDF/Teflon

  • pk_2_029

Válvula de dosagem PPE

Caixa em PP, vedações em EPDM, com esfera de não retorno (vidro) acionada por retorno de mola, pressão prévia aprox. 0,5 bar.

DN 10, DN 15porca de união e porta-mangueira
DN 20 a DN 40sem material de conexão

Área de aplicação

25 °C - pressão operacional máx. 16 bar

50 °C - pressão operacional máx. 9 bar

GBØ D2AØ D1Código
mm mm mm mm
DN 103/441408316809461
DN 151434710820924521
DN 201 1/45555803710
DN 251 1/26058803711
DN 32*268701002783
DN 402 1/48584804761

* versão PVDF/Teflon

  • pk_2_029

Válvula de dosagem PVT - FDA

Versão "Inofensivo fisiologicamente (FDA) com relação ao material em contato com o produto".

Todos os materiais em contato com o produto na versão "Segurança fisiológica (FDA) relacionada ao material em contato com o produto" correspondem à diretriz FDA.

Diretrizes FDA:

  • Material PTFE: Nº FDA 21 CFR § 177.1550
  • Material PVDF: Nº FDA 21 CFR § 177.2510

Caixa em PVDF, vedantes em PTFE, com esfera de não retorno (cerâmica) acionada por retorno de mola, pressão prévia aprox. 0,5 bar.

DN 10, DN 15porca de união e porta-mangueira
DN 20 a DN 40sem material de conexão

Área de aplicação

25 °C - pressão operacional máx. 16 bar

65 °C - pressão operacional máx. 10 bar

GBØ D2AØ D1Código
mm mm mm mm
DN 103/4403684161078237
DN 1514348110201078238
DN 201 1/455521078239
DN 251 1/261561078240
  • pk_2_029

Válvula de dosagem PVT

Caixa em PVDF, alojamento esférico PTFE + 25% de carbono, vedantes em PTFE, com esfera de não retorno (cerâmica DN 10 - 20; vidro DN 25 - 40) acionada por retorno de mola, pressão prévia aprox. 0,5 bar.

DN 10, DN 15porca de união e porta-mangueira
DN 20 a DN 40sem material de conexão

Área de aplicação

25 °C - pressão operacional máx. 16 bar

65 °C - pressão operacional máx. 10 bar

GBØ D2AØ D1Código
mm mm mm mm
DN 103/4403684161078237
DN 1514348110201078238
DN 201 1/455521078239
DN 251 1/261561078240
  • pk_2_029

Válvula de dosagem SST para bombas dosadoras de alta pressão

Adequado para bombas dosadoras das séries Sigma, Meta e Makro TZ-HK.

Caixa e mola de válvula em aço inoxidável Nº material 1.4571, esfera em aço inoxidável Nº material 1.4401, vedações PTFE, pré-pressão aprox. 0,1 bar.

Área de aplicação

90 °C – pressão operacional máx. ver tabela

Pressão máx.G1G2Ø DACódigo
bar mm mm
DN 8320Rp 1/4Rp 1/24285803732
DN 10190Rp 3/8Rp 1/24290803733
  • pk_2_028

Válvula de dosagem SST-FDA

Versão "Inofensivo fisiologicamente (FDA) com relação ao material em contato com o produto".

Todos os materiais em contato com o produto na versão "Segurança fisiológica (FDA) relacionada a material em contato com o produto" correspondem à diretriz FDA.

Diretrizes FDA:

  • Material PTFE: Nº FDA 21 CFR § 177.1550
  • Material PVDF: Nº FDA 21 CFR § 177.2510

Caixa em aço inoxidável, alojamento esférico de PVDF, vedantes em PTFE com esfera de não retorno (aço inoxidável Nº material1.4571/aço inoxidável Nº de art.1.4581) acionada por retorno de mola, pressão prévia aprox. 0,5 bar.

DN 10, DN 15com porca de união e peça de inserção
DN 20 a DN 40sem material de conexão

Área de aplicação

90 °C – pressão operacional máx. ver tabela

GPressão máx.BØ D2AØ D1Código
bar mm mm mm
DN 103/43203836553/81078251
DN 1512404348631/21078252
DN 201 1/413055551078266
DN 251 1/27060581078267

Válvula de dosagem SST

Caixa em aço inoxidável, alojamento esférico PTFE + 25% de carbono, vedantes em PTFE com esfera de não retorno (aço inoxidável Nº material1.4571/aço inoxidável Nº de art.1.4581) acionada por retorno de mola, pressão prévia aprox. 0,5 bar.

DN 10, DN 15com porca de união e peça de inserção
DN 20 a DN 40sem material de conexão

Área de aplicação

90 °C – pressão operacional máx. ver tabela

GPressão máx.BØ D2AØ D1Código
bar mm mm mm
DN 103/43203836553/8809463
DN 1512404348631/2924523
DN 201 1/41305555803716
DN 251 1/2706058803717
DN 3224569681002801
DN 402 1/4258584804763

Válvula de dosagem TTT

Caixa e vedações em PTFE, com esfera de não retorno (cerâmica; vidro DN 25) acionada por retorno de mola, pressão prévia aprox. 0,5 bar.

DN 10, DN 15com porca de união e peça de inserção
DN 20 a DN 40sem material de conexão

Área de aplicação

25 °C - pressão operacional máx. 10 bar

90 °C - pressão operacional máx. 5 bar

GBØ D2AØ D1Código
mm mm mm mm
DN 103/438365716809462
DN 15143486320924522
DN 201 1/45550803714
DN 251 1/26058803715
DN 32*268701002783
DN 402 1/48584804762
*versão PVDF/Teflon
  • pk_2_030

Downloads para Válvulas de dosagem para bombas dosadoras motorizadas

Mais no centro de download

0 Resultados
filtrar por tipo de documento
Artigos técnicos (0)
Brochura / Flyer (0)
Catálogo (0)
Certificado / Explicação (0)
Desenho / Desenho cotado / 3D (0)
Desenho explodido / Peças de reposição (0)
Esquema de conexões (0)
Exemplo de aplicação / Referência (0)
Ficha de dados de segurança (0)
Folha de dados (0)
Manual de operação (0)
Nota de imprensa (0)
Outros (0)
Software (0)

Filtros selecionados:

Downloads correspondentes

Classificar por A a Z
carregar mais resultados...
Não há mais resultados disponíveis!

Infelizmente, não encontramos nenhum resultado de pesquisa adequado.

Todas as palavras estão escritas corretamente?
Tentar novamente com menos ou outros termos de pesquisa?

Tente mais tarde

Service Unavailable

The server is temporarily unable to service your request due to maintenance downtime or capacity problems. Please try again later.

Visão geral

Cada tarefa de dosagem é suportada adequadamente

As válvulas de dosagem são montada para conexão da linha de dosagem ao ponto de dosagem. Protegem contra um fluxo de retorno e geram uma contrapressão definida.

Acionamento por retorno de mola Hastelloy C (pressão prévia aprox. 0,5 bar). A posição de montagem é da escolha do utilizador.

Materiais utilizados como nas unidades de alimentação da bomba. No caso dos tamanhos de válvula de dosagem DN 10 e 15, estão incluídas no fornecimento porcas de união e peça de inserção/porta-mangueira.

Importante: As válvulas de dosagem não são órgãos de fechamento absolutamente estanques!

Vantagens

  • Uso como válvula antirretorno - em caso de sistemas de tubulações antirretorno fechados, para impedir uma mistura e um retorno para o tubo de dosagem.
  • Utilização como gerador de contrapressão - em sistemas com saída livre, para gerar uma contrapressão definida.

Dados técnicos

Downloads

Entre em contato conosco

Fechar o formulário

Sua solicitação

Dados pessoais


outro produto +
Arquivo anexo Maximum file size 10 MB
Carregar outro arquivo

Dados pessoais


Verifique os seus dados e preencha todos os campos obrigatórios.
*Campos obrigatórios

Verificar e enviar


Dados pessoais:
Tratamento
Título
Sobrenome  
Nome  
Empresa
CNPJ
Endereço de e-mail
N° de telefone
Rua
Número
Cidade  
País
Retorno de chamada Sim

Voltar um passo

Produtos apropriados

1 2

Novidades e eventos

1 2 3

Receba nossa Newsletter! Cadastrar-se